Edema Vaginal e Prolapso Uterino

Edema vaginal e prolapso uterino estão associados a um sintoma clínico comum: massa vaginal proeminente. São eventos facilmente diferenciáveis baseando-se na anamnese e achados físicos. Outras considerações diagnósticas diferenciais de uma massa vaginal proeminente são: leiomioma vulvovaginal e tumor venéreo transmissível . Apresentamos o seguinte caso Cadela mestiça de dogue alemão, com 1 ano de idade, apresenta edema de vagina. Fotos 1 e 2. A hiperplasia vaginal, (prolapso vaginal),eversão estral, hipertrofia estral) é uma condição ocasional de cadelas jovens de raças grandes (não ocorre em gatas). A condição ocorre durante o proestro ou estro e regride durante o diestro. De um modo geral, o problema é descoberto quando as cadelas entram em um de seus primeiros três cios porque os problemas são mais severos nesta época. Etiologia A causa exata ou causas da hiperplasia, são desconhecidas. Ao que parece, os efeitos normais do estrógeno sobre a mucosa vaginal  (hiperemia,edema queratinização) são muito pronunciados nas cadelas com hiperplasia. Um ou mais pregas de tecidos edematoso, anterior ao meato urinário, projetam-se dentro da luz uterina. Muito ocasionalmente, toda a circunferência da vagina é afetada, dando origem a uma grande massa com aspecto de bolo de superfície brilhosa. A massa proeminente deve ser cuidadosamente examinada para determinar sua origem, tamanho na base, localização da luz vaginal e o meato urinário. Introdução Estas duas condições estão associadas com um sintoma clínico comum: uma massa vaginal proeminente. As condições são facilmente diferenciáveis baseando-se na anamnese e achados físicos. Outras considerações diagnósticas diferenciais de uma massa vaginal proeminente, são os leiomioma vulvovaginal, e o tumor venéreo transmissível.


Institucional